top of page

Governo lança aplicativo que bloqueia celular roubado

Aplicativo e site Celular Seguro serão lançados nesta terça-feira (19). Iniciativa busca combater roubos e furtos de aparelhos móveis em todo o Brasil; confira


O Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) lança nesta terça-feira (19) o aplicativo Celular Seguro, disponível para Android e iPhone (iOS). O app promete, em apenas um toque, bloquear aparelhos celulares roubados.

Segundo os desenvolvedores, a proposta do serviço é combater roubos e furtos de celulares em todo o país.

Em nota no site oficial, o MJSP informou que o aplicativo tem parceria com instituições financeiras, ABR Telecom e Anatel e, portanto, a vítima de roubo ou furto de celular também será capaz de bloquear a linha telefônica e os aplicativos bancários em poucos toques.

Além do aplicativo, o serviço estará disponível em sua versão web que também será lançada hoje. O login na plataforma será feito com a conta do gov.br.

O usuário deve indicar pessoas de confiança, que poderão bloquear a linha telefônica, em casos de roubo ou furto do aparelho do titular da conta.

Inicialmente, o aplicativo permitirá um processo de cadastro simplificado e coletará os seguintes dados do usuário: nome completo, número de telefone, número de série e marca/modelo do dispositivo.

Conforme divulgado no Termo de Uso do aplicativo, a Anatel será responsável pela coordenação das operadoras de telefonia, enquanto a ABR Telecom terá a função de receber e validar as informações dos pedidos de bloqueio de aparelhos móveis para envio às prestadoras parceiras. No caso das instituições financeiras, cada banco adotou medidas específicas, mas, no geral, o papel dessas instituições será realizar a suspensão temporária dos serviços ou o bloqueio de contas.

Vale destacar que o acionamento do bloqueio pelo aplicativo não substitui a necessidade da vítima prestar Boletim de Ocorrência após casos de roubo ou furto. Interessados em baixar o aplicativo podem fazer o download nas lojas de apps Google Play Store e App Store.


Fonte: Techtudo.



4 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page